Pergunta: O que é um diácono? Para que ele serve?

Imposição das mãos em ordenação diaconal

Às vezes as pessoas esbarram por aí com um diácono e o confundem com um padre. Muitas vezes se assustam ao ver um homem casado vestido como religioso e não entendem o porquê.

Explica-se: os diáconos têm funções importantes desde a igreja primitiva e, assim como os padres e bispos, recebem o sacramento da Ordem.

O diaconato é o primeiro grau do sacramento da Ordem. O presbiterato (padres) é o segundo e o episcopado (bispos) é o terceiro. Portanto, todo diácono católico deve ser ordenado por um bispo num ritual próprio. De acordo com o número 1554 do Catecismo da Igreja Católica, “o ministério eclesiástico, divinamente instituído, é exercido em diversas ordens pelos que desde a antiguidade são chamados bispos, presbíteros e diáconos”.

Neste contexto, segundo o Catecismo, a principal função do diácono é “ajudar e servir” os bispos e padres. Por isso, o diácono não é um sacerdote. Na ordenação de um diácono “são-lhes impostas as mãos não para o sacerdócio, mas para o serviço”, conforme o número 1569 do Catecismo. Nestes casos, apenas o bispo impõe as mãos sobre o homem ordenado (como mostra a foto), num sinal de que o diácono está diretamente ligado a ele.

Resume o Catecismo, no 1570: “Cabe  aos diáconos, entre outros serviços, assistir o Bispo e os padres na celebração dos divinos mistérios, sobretudo a Eucaristia, distribuir a Comunhão, assistir ao Matrimônio e abençoá-lo, proclamar o Evangelho e pregar, presidir os funerais e consagrar-se aos diversos serviços de caridade.” Eles não celebram missa, pois, como dissemos, não são sacerdotes. Apenas ajudam na sua preparação e na liturgia. Também não podem dar todos os tipos de bênçãos.

Dois bispos com um monte de diáconos. Repare nas roupas: alguns de estola, outros de dalmática. Os bispos de casula.

O diácono tem suas vestes litúrgicas diferentes das dos padres e bispos. A estola é transversal, e não vertical. Também pode usar a dalmática, que é diferente da casula dos padres e bispos.

Sendo assim, existem dois tipos de diáconos: os transitórios e os permanentes.

Os transitórios são homens que se preparam para o sacerdócio. No meio do caminho e antes de receberem a ordenação sacerdotal, recebem a ordenação diaconal. Depois de um tempo atuando como “ministros ordenados”, recebem o segundo grau da ordem, o presbiterado.

Os permanentes são homens que não estão caminhando rumo ao sacerdócio. Geralmente são homens casados há um bom tempo (algumas dioceses exigem cerca de 10 anos de casamento), com ativa participação nas atividades da Igreja e vocação para as obras sociais e de caridade.

Os diáconos permanentes costumam estudar teologia, filosofia, pastoral e outras coisas durante cerca de quatro anos. É estimulado que esses homens tenham suas próprias profissões para que possam sustentar a si e às suas famílias. Porém, se a dedicação for integral à Igreja, podem receber algum tipo de ressarcimento financeiro. A esposa precisa autorizar formalmente que o homem seja diácono. E, uma vez ordenados, os diáconos não podem mais se casar. Se ficarem viúvos, têm a opção de permanecerem diáconos ou se candidatarem ao sacerdócio, mesmo que em idade já avançada.

Desde o Concílio Vaticano II, o diaconato foi restabelecido “como grau próprio e permanente da hierarquia” da Igreja Católica, como explica o Catecismo (no número 1571). Deste modo, os diáconos podem e devem se vestir com roupas de clérigo – batina ou clérgima -, especialmente quando estiverem atuando em suas funções específicas.

Hoje em dia isso pode causar um pouco de confusão, porque nem mesmo os padres precisam se vestir assim, podem usar roupas comuns livremente. Mas não se assuste se encontrar por aí um homem de clérgima com mulher e filhos.

Envie você também sua dúvida sobre a Igreja nos espaços para comentários e veja aqui as outras perguntas já respondidas.

Foto alterada em 23/03/2012, às 12h54

Anúncios

33 Comentários

Arquivado em Cristianismo, Igreja, Perguntas

33 Respostas para “Pergunta: O que é um diácono? Para que ele serve?

  1. Pingback: Pergunta: Qual é a diferença entre bispo, arcebispo e cardeal? | Praça de Sales

  2. Judith gonçalves

    Qual diferençia entre padre e diacomo

    • Olá Judith! Sua pergunta está respondida no post: “O diaconato é o primeiro grau do sacramento da Ordem. O presbiterato (padres) é o segundo e o episcopado (bispos) é o terceiro. Portanto, todo diácono católico deve ser ordenado por um bispo num ritual próprio. De acordo com o número 1554 do Catecismo da Igreja Católica, “o ministério eclesiástico, divinamente instituído, é exercido em diversas ordens pelos que desde a antiguidade são chamados bispos, presbíteros e diáconos”.

      Obrigado pela participação.

  3. Manfredo Curt Ruhle

    O Diacono pode casar digo pode fazer o sacramento do matrimonio.

  4. gabriele

    um diacono teve ter formação teologica e rezar a missa mesmo pulando a parte da consagração e dar a benção em nome de DEUS aos fiéis ??????

    • Olá Gabriele! O diácono não celebra missa, mas uma celebração da palavra. Por isso não tem a parte da consagração. Ele não pulou nada, fez tudo certinho. quem celebra missa é o padre ou o bispo. Sobre a bênção, algumas o diácono pode dar, outras não.

  5. susana amorim

    Um diácono pode realizar o sacramento do baptismo?

  6. Muito interessante e esclarecedor.

  7. silva marques

    “A esposa precisa autorizar formalmente que o homem seja diácono. ”

    ??!?? Queiram explicar, por favor. Não faz o menor sentido.

    • Olá silva marques!
      O diácono permanente normalmente precisa se ausentar muito da vida familiar para poder se dedicar à Igreja. Por isso, pede-se que a esposa dê o seu reconhecimento e aceite essa condição para que ele seja aceito ao diaconado. Não faz sentido ser diácono e deixar todo o peso da vida familiar nas mãos da esposa. É isso…

  8. Philipp

    É necessário ser ordenado diácono antes de ser ordenado padre? Um seminarista não pode ser ordenado diretamente padre, ao final de sua formação?

    • Olá Philipp! Sim, todo padre, antes de ser ordenado sacerdote, primeiro precisa ser ordenado diácono. Normalmente, o diaconado transitório é visto como parte da formação para o sacerdócio. Após o fim dos estudos, fazem um tempo de prática pastoral servindo como diáconos e, depois, quando o bispo local decidir, são ordenados sacerdotes. Alguns especialistas em teologia do diaconado questionam essa passagem pelo diaconado tansitório, pois na Igreja primitiva isso não exisita. O diácono era ordenado para ser diácono e o bispo para ser bispo, e não existia a figura do presbítero (padre). Depois, as coisas mudaram em vários sentidos diferentes ao longo da história…

  9. Onde faço o curso ou inicio esse trâmite?

    • Olá Cristóvão! Você precisa procurar seu pároco, ou algum sacerdote da diocese, que possa te colocar em contato com a escola diaconal. Eles vão te explicar o que é preciso para se tornar um diácono. Boa sorte!

  10. Márcio

    Prezado Domingues,
    Por duas vezes você fala que o Diácono não pode dar todas as bênçãos mas não cita quais. Compreendendo a diferença entre os 7Sacramentos e os inúmeros Sacramentais (nas quais as bênçãos estão enquadradas) – Gostaria de saber segundo seu comentário quais as bênçãos que o diácono não pode realizar?
    Obrigado!
    Márcio

    • Olá Márcio! Fora os sacramentos que o diácono não pode celebrar, os diáconos não podem abençoar água no contexto da missa, não podem abençoar imagens que serão usadas em igrejas (apenas aquelas que serão usadas em casa), nem confessionários, nem órgãos e, naturalmente, nem igrejas ou capelas. Além disso, para os ritos ligados à Eucaristia, como a bênção com o Santíssimo Sacramento, o diácono pode fazer, mas só se não houver um sacerdote disponível. O diácono é um ministro ordinário da Eucaristia, mas só preside quando não há um presbítero.

  11. Pedro Luiz Bezerra de Lucena

    A esposa pode acompanhar o diácono em seu trabalho?

    • Olá Pedro! Pode, e em muitos casos é altamente recomendável que a esposa o apoie no que for preciso. Em algumas dioceses, as esposas dos diáconos se organizam em grupos para realizar também elas atividades de serviço à Igreja.

  12. garotadopadre

    Uma pessoa pode se ordenar padre e depois voltar a ser diácono?!

    • Olá! Não, uma vez ordenado diácono ou padre o homem é diácono ou padre por toda a vida. O diaconado não é anulado pela ordenação sacerdotal. O padre continua a ser padre e diácono ao mesmo tempo, e exerce dois ministérios em momentos diferentes de sua atividade pastoral.

  13. olá, sou o fernando, casei com uma menina que era divorciada…………após meu casamento, e até mesmo um pouco antes achava que sentia chamamento para a vida religiosa…………..mas talvez por minha culpa não me deixei ir por essa via, mas aos poucos sinto que podia ter querido ir atrás desse chamamento! como nada acontece sem razão aparente, sempre que posso, vou a celebrações de diáconos e presbiteros, e sinto uma alegria imensa e ao mesmo tempo sinto uma atração enorme para a vida diaconal! no entanto falando com minha esposa a respeito disso, ela aceitava, pois disse que « já que não foste para padre então se quiseres tenta ser diácono», ao falar desse meu desejo a um amigo que tinha começado os estudos para o diaconado, pedi-lhe alguns exclarecimentos sobre o que era preciso……e eis que descubro que não só precisaria de consentimento dela como descubro que por ser divorciada iria ser um contratempo! por ora e desde então………..apenas participo regularmente na eucaristia dominical, vou a duas novenas por ano…………..enfim tento ser o melhor cristão possivel, reconhecendo minhas fraquezas, mas tendo sempre esperança no perdão e na misericórdia do SENHOR DA VIDA! minha grande pergunta agora é, será que posso ainda sonhar que esse pequeno passo na minha vida? ou será apenas e só uma miragem, algo muito improvável de acontecer? meu muito obrigado por ler e me tentar exclarecer minhas duvidas!

    • Olá Fernando, se vocês são casados na Igreja Católica, não vejo por que isso seria um problema. O que aconteceu antes do casamento de vocês já passou e, se casaram na Igreja e vivem uma vida harmoniosa como casal há muitos anos, você pode procurar a escola diaconal para se informar melhor…

  14. Márcio Reis

    Meu pai é diácono. Sou solteiro, posso ser diácono?

    • Olá Márcio. Os diáconos permanentes solteiros são uma raríssima exceção na Igreja, mas existem. Normalmente porque, após ordenado, o casamento é impossível. Por isso, só mesmo em casos em que o homem tem boa reputação e que o bispo local conhece bem. Os diáconos solteiros são, normalmente, temporários e estão em formação para o sacerdócio…

  15. Luiz Antonio Masculino costa

    ola eu também gostaria muito de ser diácono, já fui seminarista, mas hoje sou casado e minha mulher e evangélica mas eu sou católico praticante sou ministro da Santa Eucaristia.

  16. Iara Freire

    Devo pedir a bênção do diacono como ao padre?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s