Domingo de Ramos no Vaticano: Quem sou eu diante de Cristo?

Movido por um intenso clima de oração na Praça de São Pedro, o Papa Francisco deixou de lado a homilia preparada para a Missa do Domingo de Ramos e improvisou uma mensagem a seu próprio estilo. “Diante do mistério da morte e da ressurreição de Jesus, será bom nos fazermos só uma pergunta: Quem sou eu? Quem sou eu diante do meu Senhor?” Falando para cerca de 100 mil pessoas, segundo a Rádio Vaticano, Francisco refletiu sobre o Evangelho com mais perguntas do que respostas. O Papa convidou os fiéis a iniciarem a Semana Santa com uma profunda meditação pessoal.

“Com qual destas pessoas me pareço mais?” Seria Judas, que beijou Jesus, fingindo amá-lo, mas o traiu? Ou Pilatos, que lavou as mãos e não assumiu responsabilidade? Ou a multidão que humilhou Jesus? “Sou eu como aquelas mulheres corajosas, como a mãe de Jesus, que estavam ali e sofriam em silêncio?” A proposta tem a ver com o “jeito Francisco” de rezar. Trata-se de um tipo de meditação muito usado nos retiros espirituais dos sacerdotes jesuítas, congregação da qual o Papa faz parte.

Leia a íntegra de nossa reportagem na página 11 do jornal O São Paulo

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Igreja no Mundo, Vaticano

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s