Arquivo da tag: Rio de Janeiro

Dom Orani Tempesta preside primeira missa como cardeal

Cardeal celebra na Basílica de São Sebastião, em Roma

Cardeal celebra na Basílica de São Sebastião, em Roma

Ser cardeal é ser capaz de dar a vida pelo Evangelho e um “convite a todos” a entregar-se pela missão. Esse foi o centro da mensagem do Cardeal Orani João Tempesta, arcebispo do Rio de Janeiro, na primeira missa que celebrou após receber do Papa Francisco o título de cardeal. Os cardeais são os homens de confiança do Papa e aqueles com menos de 80 anos podem eleger um novo pontífice numa eventual eleição.

Leia aqui a íntegra da nossa reportagem publicada em O São Paulo, página 24.

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Igreja

Visita do Papa Francisco ao Brasil

20130729_600O portal G1 fez um bom infográfico com a agenda da visita do Papa Francisco ao Brasil, a primeira viagem apostólica de seu pontificado. A Rádio Vaticano vai transmitir todos os eventos abertos na internet, e você pode acompanhar por meio desse link.

A grande preocupação das autoridades e dos organizadores neste momento se refere à segurança do Papa e dos peregrinos, especialmente num momento em que o país passa por uma onda de protestos, alguns deles violentos. O governo e o próprio Papa estão confiando, entretanto, no caráter pacífico dos eventos.

A viagem de Francisco ao Brasil está despertando a atenção da imprensa internacional e o Papa virou capa de diversas publicações internacionais, entre elas a famosa revista americana “Time”. A reportagem de capa, de Howard Chua-Eoan, diz que Francisco está “redefinindo o papado com humildade e candura”, questionando: “Será que ele consegue restaurar as fortunas da Igreja na América Latina?”

Deixe um comentário

Arquivado em Igreja no Mundo, Vaticano

Um bom perfil de Dom Eugênio Sales

A morte do Cardeal Dom Eugênio de Araújo Sales, arcebispo emérito de São Sebastião do Rio de Janeiro, aos 91 anos, foi amplamente noticiada desde ontem à noite. Ele era o bispo católico que há mais tempo foi nomeado cardeal – em 1969, pelo Papa Paulo VI – e sua atuação na Igreja durou muitos anos. Ele foi uma das pessoas mais importantes para a história da Igreja no Brasil.

Para não repetir o que já está na mídia, recomendamos um ótimo perfil escrito pelo jornalista José Maria Mayrink, de O Estado de S. Paulo – até onde eu sei o único repórter da grande imprensa brasileira que se dedica ao jornalismo religioso.

Neste texto, Mayrink resume a trajetória de Dom Eugênio sem simplificá-la demais e sem colocar um rótulo, como fazem alguns obituários. Dom Eugênio Sales, como qualquer pessoa, foi uma personalidade complexa, ao mesmo tempo conservador e liberal, rico e pobre, de direita e de esquerda. Segue o primeiro parágrafo. Para ler o restante, clique abaixo.

Coerência e idealismo marcaram a vida de d. Eugenio

“De padre da roça a cardeal no Rio de Janeiro, o nordestino d. Eugenio de Araújo Sales foi, à sua maneira, um revolucionário – na opinião do presidente-marechal Castelo Branco, “o bispo mais perigoso do Brasil”. Natural de Acari, no Rio Grande do Norte, onde nasceu em 8 de novembro de 1920, sonhava ser vigário do interior até ser mandado para Natal, seu primeiro estágio durante dez anos para uma vida a serviço dos pobres. (…)”

1 comentário

Arquivado em Igreja no Brasil